Culinária Baiana

       Primeira capital do país, Salvador foi o grande centro da troca de alimentos até o século XVIII. 


       A cultura africana se impôs na alimentação e essa influência se afirmou na predileção por três ingredientes: o leite de coco, o azeite-de-dendê e a pimenta. Com eles, foram criadas muitas iguarias: vatapá, caruru, bobó de camarão e as moquecas. 

       Já os doces foram pautados por portugueses e ameríndios. São delícias feitas de ovos, pamonhas, canjicas, quindins, mingaus e o pão-de-ló. 

       A Bahia tem a culinária mais mestiça do país.