Culinária Amazonense

         A culinária amazonense é a que mais preservou suas origens, é a mais indígena das cozinhas brasileiras.

Foi lá que nasceu a cultura da mandioca que foi transformada em farinha pelos nativos da região. A raiz tornou-se a base da alimentação do brasileiro.

         A herança indígena é percebida até mesmo na maneira de o amazonense comer: lançando a farinha à boca com as mãos.

         O peixe é a base da alimentação do amazonense. Assado, cozido ou em caldeiradas, ele constitue a alma da cozinha amazonense.

         A caça é consumida bem no interior da Amazônia na forma de assados e cozidos : tartaruga, jacaré, pato e marreco.

Os pratos são bem temperados com pimenta, herança dos índios que não conheciam o sal. Nas matas impera o guaraná mas existem dezenas de frutas nativas e a mais popular é a gigantesca banana pacova.